Emocionante 9 resultados
  • Adoção – Gravidez que é gerada no Coração!

    Hoje vamos postar a história da nossa querida leitora Dayane. Ela vem nos contar como foi o caminho até conhecer o seu lindo filho. Dayane e o marido receberam o seu maior presente através da adoção. Uma história linda, repleta de muito amor.Olá mamães me chamo Dayane, 34 anos, casada há 13 anos e hoje mamãe do Mateus. Aliás é dele que vim falar, do nosso Teteu, sobre o nosso planejamento, sua espera e sua chegada....Tudo começou quando decidimos que queríamos ter um ...
  • Os dias em que quase perdi minha bebê…

    Quase perdemos nossa bebê!Escrever este post é muito difícil para mim. Relembrar de momentos que foram extremamente intensos, doloridos e reveladores. Mas acho importante falar sobre isto, passados três anos do fato. Muitos pais podem estar passando neste momento por este desespero que senti, e gostaria de contar para eles esta história de dor, mas que teve um final feliz.Os dias que passamos pelo hospital renderam muitas histórias. Desde o sentimento de culpa, a imperícia ...
  • Maternidade é como Surf

    Maternidade é Como Surf. O título deste lindo post do blog Mama and Baby Love já me pegou. Eu adoro o mar e resolvi compartilhar esta maravilha aqui com vocês. Fiz uma tradução livre, espero que gostem :-)A maternidade é muito parecida com o surf. Ambos são muito, muito difíceis! E você tem seu traseiro chutado o tempo todo. Quando você está aprendendo a surfar, você tem que descobrir como se equilibrar. Você simplesmente não quer cair da prancha. Melhor ir deitado no ...
  • Solidão Materna II – (Algumas Respostas)

    Solidão materna existe. Foi isso que afirmei no primeiro texto sobre Solidão Materna. Como ele viralizou, teve milhares de acessos e compartilhamentos no facebook e inúmeros comentários (obrigada gente por gostarem do texto), resolvi continuar a conversar com vocês sobre este assunto polêmico. E depois de ter lido vários relatos de leitoras sobre o assunto, posso falar com mais convicção ainda: Mães sofrem de solidão. Quero deixar claro um ponto muito importante no contexto ...
  • Cenas do Dia a Dia

    Como não se emocionar?     
  • Filho, Não Quero Que Você Seja Um Celular!

    Filho, não quero que você seja um celular! É meu pedido de desculpas para meus filhos, baseada em um post que circulou pela internet. O texto é uma oração de uma criança para Deus. Na oração a criança pede para se transformar em um aparelho celular, para assim ganhar a atenção dos pais. Confesso que esse texto mexeu muito comigo. Então, estou respondendo a oração da criança, com a seguinte mensagem: Filho amado, por favor me desculpe! Mamãe e papai não são perfeitos. Não ...
  • Como Explicar Que Vovó Foi Morar No Céu?

    Há poucos meses passamos por uma perda muito grande em nossa família. A vovó paterna das crianças foi morar no céu. Fazia certo tempo que ela estava doentinha, mas o fato é que, por mais que nós já soubéssemos que isso iria acontecer, nunca estamos prontos para encarar a morte.O que eu nunca havia pensado neste tempo de "preparação" era em como agir com relação ao assunto com minha filha de 3 anos e meio. Dias antes da vovó nos deixar, Raquel vinha perguntando sobre a ausên...
  • 10 Motivos Que Fazem Uma Mãe Chorar

    Filha, você é sem dúvida meu bem mais precioso. E desde o momento em que descobri que seria sua mãe, eu deixei minhas lágrimas caírem em vários momentos.Vejam aqui os 10 Motivos Que Fazem Uma Mãe Chorar.1) Ouvir Seu Coração  No momento em que escutei seu coração bater pela primeira vez, não aguentei. Não existe som mais emocionante do que este. Eu já tinha visto você através da tela do ultra-som, mas ouvir você pulsando dentro de mim, foi a coisa mais linda do ...
  • O Segredo da Grande Mágica – Mágicas de Mãe

    Mágicas de mãe é um blog para mostrar as mãe de carne e osso. Aquelas reais, que sentem fome, frio, sono, e não aquelas dos comerciais de TV. Quero apresentar a maternidade como realmente é, com toda sua beleza e angústia. Um pouco de históriaAnos atrás eu pensava na ideia de ter um bebê como algo muito remoto. Não era uma prioridade na minha vida. Os anos foram passando, encontrei um companheiro para dividir a vida. Vivemos algum tempo só nós e de repente começaram a pipocar as ...