Atraso na Fala e os Impactos na Vida da Criança

Meu filho tem atrasos na fala desde bebê. Muitas pessoas podem dizer “ah, é só o tempo dele e logo ele fala”, mas o que muitos que dizem isso não sabem é que o atraso na fala pode trazer muitos impactos negativos para a vida da criança.

Decidi escrever mais sobre o atraso no desenvolvimento da fala pois ontem meu filho me disse “Mãe, ninguém entende o que eu falo… você pode achar uma escola onde as pessoas entendam o que eu falo?”

Isso partiu meu coração.

Se você tem um filho é fundamental que você entenda que a frase “toda criança tem seu tempo” pode ser prejudicial para a própria criança. Essa afirmação pode justificar que dentro dos marcos do desenvolvimento uma criança pode estar atrás ou adiantada para o que é esperado para ela naquela fase da vida, e ok!. Mas essa frase pode servir de desculpa para que tudo continue como está e assim os pais se sintam mais confortáveis em não buscar informações sobre o desenvolvimento dos filhos.

O relato que vou dar a seguir é sobre a minha experiência e sobre como o atraso na fala do meu filho sempre foi um problema.

Aqui em casa a filha mais velha sempre falou dentro do que era esperado para a idade dela. Era sempre muito falante e comunicativa. Nunca precisamos estimular muito para que ela saísse cantando ou falando pelos cotovelos. Quando nosso filho mais novo chegou, pensei que o desenvolvimento dele seria igual ao da minha filha. E conforme os meses foram passado fui notando que ele não fazia as coisas como a irmã fazia na idade dele. Sempre levantava a questão com pessoas próximas e a frase que mais ouvia era a de que ele falaria no tempo dele. Fui deixando para ver se ele falava de forma espontânea. Ah, antes que me digam que deveria ser a falta de amiguinhos, ele frequentava a escola e segundo as professoras era o mais quietinho. Também levei ele no otorrino e no neuropediatra para ver se a adenoide ou amigdalas aumentadas poderiam ser a causa dele falar pouco.

desenvolvimento infantil

No começo achamos que poderia ser por conta da questão física mesmo. Ele fez a cirurgia de adenoide e amigdalas e pensei que tudo estaria resolvido. É bom lembrar que quando uma criança tem problemas de saúde eles podem sim causar o atraso na fala. Mas o tempo passou e ele continuou tendo muita dificuldade para falar.

Veja o que pode levar ao atraso na fala da criança

Com seus 4 aninhos percebemos que ele começou a ficar bem frustrado com o lance das pessoas não entenderem o que ele falava. Em casa entendíamos o que ele expressava pois tínhamos a manha de falar bem devagar e de pedir para ele apontar o que ele queria. Mas fora nós, ninguém entendia praticamente nada do que ele dizia. E então, começamos a notar que ele ficava extremamente irritado e parava de falar.

Foi então que levamos ele na fonoaudióloga. E realmente ele tinha um atraso bem considerável na fala. Um atraso que ele não iria conseguir recuperar sem a ajuda de profissionais e de estimulação familiar adequada.

Hoje, depois de três anos de muito trabalho, não foi fácil ouvir do meu pequeno que ainda as pessoas não entendem o que ele fala. E que não ser compreendido o deixa triste.

Se você tem um filho com problemas relacionados a fala tenha consciência de que ele precisa muito que você o ajude neste processo. Não adianta achar que em poucas sessões de fono a criança vai recuperar todo tempo e não terá mais problemas para se comunicar com a fala. É um processo lento e trabalhoso. E principalmente é um caminho em que você precisa controlar sua ansiedade.

O atraso na fala na vida de uma criança acarreta muitos impactos negativos

  • As pessoas não entendem o que ele fala e isso faz com que ele acabe ficando de fora das brincadeiras.
  • O desenvolvimento escolar dele é afetado. Ele não fala direito e isso atrapalha na questão da própria alfabetização e da participação nas atividades em sala de aula.
  • A vida social passa a ser difícil pois você não consegue expressar suas vontades e pensamentos.
  • As amizades são mais raras pois são poucas as crianças que tem paciência para tentar entender o que o amiguinho não consegue falar.
  • há um alto índice de bullying contra crianças que não falam dentro do que é esperado para a sua idade.

cada criança tem o seu tempo

Poderia listar mais uma série de impactos negativos desencadeados a partir de um atraso na aquisição da fala da criança. Por isso volto a alertar como mãe e profissional que convive com muitas crianças: não trate o atraso na fala da criança como um simples “toda criança tem seu tempo”. é preciso buscar intervenção precoce para auxiliar o desenvolvimento da criança e assim evitar que ela sofra com outras questões.

Atraso de fala: conheça os principais Marcos do desenvolvimento associados à dicção

Comentários

Sem Comentários para "Atraso na Fala e os Impactos na Vida da Criança"

    Participe!!