Antes e Depois da Cirurgia de Adenoide

Passamos um ano muito difícil! Samuel apresentou muitos problemas de saúde. Como já falei em outros posts o pequeno passou muita dificuldade para dormir a noite. Foram mais de dez meses sem dormir uma noite inteira. Período extremamente exaustivo para todos nós. 

Depois de muitas investigações, antibióticos, remédios para bronquite e muitas idas a diversos médicos (pediatra, cardiologista, pneumologista, otorrino, neuro) descobrimos que o problema central do pequeno era a adenoide

As adenoides são duas pequenas glândulas compostas por tecido linfoide e quando elas crescem demasiadamente podem dificultar a passagem do ar. 

Foi devido a dificuldade para conseguir respirar que Samuel começou a apresentar muitos quadros de apneia do sono. Ele não conseguia respirar e acordava umas 7 vezes durante a noite. Geralmente assustado, com sono, irritado. Outra característica da adenoide é que a criança respira muito mais pela boca do que pelo nariz. O ronco também é um sintoma muito comum além da dificuldade para comer ou mamar.  

O aumento da adenoide faz com que secreções vão se juntando na região do nariz. Isso é um facilitador de bactérias e vírus o que acaba levando a infecções repetitivas, principalmente do trato respiratório. No caso do Samuel a adenoide era tão grande que estava começando a afetar a audição dele. 

Até fazermos a cirurgia de retirada passamos por muitos exames. A primeira vez que observamos que era adenoide foi quando ele tinha 1 ano através de um raio x. 

Os médicos não costumam operar crianças com menos de 2 anos com este problema. É recomendado esperar, visto que a adenoide pode voltar a crescer. Como nosso bebê só foi piorando durante os meses seguintes, foi encaminhado a uma consulta de emergência com um otorrino. Fizemos um novo exame chamado vídeo-naso em que a médica observou que o tamanho da adenoide estava em torno de 60% ou seja, um tamanho bem considerável. A profissional em questão não viu necessidade em fazer a cirurgia de ouvido ou amígdalas. Marcamos a cirurgia, mas o pequeno ficou doente no dia da operação e tivemos que cancelar. 

O hospital em que íamos realizar o procedimento não possuía UTI. Ficamos receosos com isso e como acredito em coincidências da vida, resolvemos procurar outro local que possuísse uma Unidade de Tratamento Intensivo.  

Acabamos chegando a uma médica muito competente e atenciosa chamada Ana Paula Baduy. A mesma a princípio explicou que não era aconselhado realizar a cirurgia antes dos 24 meses. Mas após examinar o pequeno ela foi bem categórica: “Ele precisa fazer a cirurgia!”. Com mais alguns exames foi constatado que era preciso fazer também a retirada de secreção do canal auditivo e a colocação de uns tubos de ventilação em ambos os ouvidos.  

A cirurgia é simples e rápida. O incomodo é fazer um bebê ou criança pequena ficar em jejum de 12 horas. Geralmente os médicos fazem os procedimentos em ordem de idade. Os menores vão sendo os primeiros.

Vou descrever como aconteceu com nosso pequeno: 

Entrei junto com Samuel no centro cirúrgico. A equipe médica fez o “cheirinho” para ele dormir (essa bombinha ai) depois disso ele dormiu e eu saí da sala. Ele recebeu anestesia geral.

Anestesia Geral Bebês

Anestesia Geral Bebês

Após 1 hora me chamaram para ficar com ele. Samuel chorava desesperado. Estava irritado pela dor e também pelo efeito da anestesia geral. Confesso que fiquei bem assustada quando vi o pequeno chorando daquela forma e com o nariz sangrando. Mas a médica e toda equipe do Hospital Cruz Vermelha foram super atenciosos. A Todo momento vinham verificar se o bebezão e eu estávamos bem. Depois de 1 hora fomos liberados para ir para o quarto. Lá foram mais umas duas horas de muito choro do Samuel. Bem difícil conseguir segurar ele. Só quando a alimentação foi liberada após 3 horas da operação que o pequeno foi se acalmando. Ficamos até as 13 horas no Hospital e logo após liberados para casa. 

 pós-operatório adenoide

Os cuidados com o pós-operatório para adenoide quase não existem. O principal é não deixar a criança agitada demais e nem bater o nariz. Alimentação é toda normal. O que é mais complicado são os cuidados com os tubos de ventilação. Não podemos deixar nada de água nos ouvidos da criança. Para isso, sempre usamos algodão com algum óleo na hora do banho. Aliás os banhos são muito mais rápidos e confesso que intercalo as lavadas do cabelo, dia sim, dia não. Os tubos devem cair sozinhos entre 2 meses a 1 ano após a cirurgia.

A vida após a retirada da adenoide melhorou consideravelmente. 

Ele não apresentou mais crises de asma, passou a comer mais, respirar pelo nariz, interagir mais conosco, ganhou peso e não ronca e nem respira mais com a boca aberta.

E o sono?

Esse ainda não é dos melhores. Ele antes acordava cerca de 7 vezes, lembram? Agora passou a acordar 1 ou 2 vezes durante a noite. Ainda não é o ideal, mas é um sonho de consumo para quem não dormia praticamente nada. 

Indico sempre ficar atenta a todos os sintomas que seu filho possa apresentar. Pode ser uma simples adenoide, mas que quando tratada pode melhorar muito a qualidade de vida de seu filho. Quando a doutora me disse logo após a cirurgia que não sabia como Samuel conseguia respirar com o tamanho da adenoide e que seu canal auditivo tinha muita secreção pensei em toda dificuldade que ele tinha e todo sofrimento que ficou passando até então.

Não há coisa pior para uma mãe que saber que não conseguiu evitar o sofrimento de um filho. Não há felicidade maior do que saber que a vida do nosso pequeno será muito melhor depois da retirada da adenoide!

 

Comentários

14 Comentários para "Antes e Depois da Cirurgia de Adenoide"

  • comment-avatar
    maria jose barroso 16/09/2016 (22:07)

    eu tb sofri muito com minha filha sofrendo sem dormir ai li um livro descobri que poderia ser adnoide ir era
    a pediatra dela nunca falou sobre isso comigo fiquei cm raiva dela pq poderia te evitado muito choro muita febre e muitoooooooooooooo antibiotico

  • comment-avatar
    maria luiza dias laudano filha 16/11/2016 (07:06)

    oi meu filho está assim com apnêia respira pela boca e tem ficado muito com o nariz escorrendo ao longo do ano ou seja não tem um mês que ele não fique assim e estou triste e preocupada

    • comment-avatar
      Kely Varela 16/11/2016 (11:58)

      Olá Maria Luiza,

      Converse com o pediatra. Tem alguns medicamentos que ajudam a aliviar os sintomas.
      Espero que ele melhore em breve!
      Beijo Grande
      kely

  • comment-avatar
    Mônica 16/12/2016 (23:59)

    Olá, minha filha operou a três dias e estava muito bem, mas essa noite ela está rocando muito, mais do que antes da cirurgia. Quero saber se com seu filho ocorreu o mesmo. Isso é normal?

    • comment-avatar
      Kely Varela 18/12/2016 (22:16)

      Olá,

      Samuel levou uns 15 dias para começar a respirar direitinho!Também tinha ficado na dúvida, mas conversei com a médica e ela me explicou que demorava um pouquinho mesmo!

      Espero que sua filha melhore logo.

      Beijos

      kely

      • comment-avatar
        Rita mendes 30/04/2017 (02:59)

        Minha filha operou ha dois dias e ela ta c muita secreção q qdo respira fica fazendo d barulho e com isso ronca e geme junto… apos a cirurgia eh normal muita secrecao? Muito mais q antes? Da vontade d limpar a garganta ou assoar nariz mas nao pode eu sei… to ficando desesperada pois ja nao dormia antes e pós cirurgia ta pior!!!

        • comment-avatar
          Kely Varela 01/05/2017 (23:04)

          Ligue para a pediatra e converse! Samuel não teve secreção. Mas cada criança reage de uma forma!
          Melhoras para ela!
          Beijo grande
          Kely

  • comment-avatar
    Kellem 05/04/2017 (03:19)

    Olá..meu bbzinho de 1 ano e 8 meses tem adenoide aumentada e o pediatra receitou medicamento mas ele piorou..foi então que percebi a apnéia. Levei no otorrino e ela passou antibiótico oral e um medicamento para o nariz q não encontramos em nenhuma farmácia. Confesso que estou sem dormir direito…fico desesperada quando ele para de respirar.

  • comment-avatar
    Jessica 12/04/2017 (19:17)

    Olá! Muito bom ler sua experiência. Estou angustiada, estressada sem saber o que decidir. Peço ajuda, minha filha já tomou muito antibiotico, dorme com a boca aberta e ronca, tem dificuldade de respirar as vezes e tem hipertrofia de adenoide. A pediatra nunca me orientou pois só passa remedios e nada resolve. Apenas melhoras mas no outro mês volta. Cansei de dar medicamento, nem ela aguenta mais. Ela tem quase 3 anos. Fui ao otorrino e um indicou a cirurgia e outro passou tratamento de novo. Gente eu penso em fazer e ver minha filha comendo bem e respirando bem, não aguento ver ela sofrer. Mas a pediatra esta me pertubando dizendo que nao aconselha a fazer pois pode voltar a crescer de novo e ela pode sofrer de faringite. O que vocês faria?

  • comment-avatar
    Tamara coimbra 22/05/2017 (22:52)

    Olá. Meu filho tem 2 ano desde que nasceu ele respira mal. Com 1ano e 8 meses fez um Exame ele esta com adnoide 75% ou seja só tem 25 % sempre ronca e sempre tá doente com corrimento no nariz e antibiótico sempre.
    Agora o otorrino quer opera mas tenho medo. Mas e a única solyçao.

  • comment-avatar
    silmara lopes dos santos 31/05/2017 (09:58)

    Bom dia.
    Minha filha vai tirar a adenoide to bem preocupada por isso que estou pesquisando tudo, espero que de tudo certo.

  • comment-avatar
    Ana Paula 31/07/2017 (10:04)

    Olá, lendo o seu post, vi o meu filho. Ele também era assim, não dormia a noite, acordava várias vezes, roncava, acordava assustado, berrando, e com muito sono. Sempre ficava doente, a cada 15, 20 dias levava ele para o pediatra, e saia do consultório com a receita de um novo antibiótico. Terrível a qualidade de vida dele e a minha também.
    Dia 24/07/17, o Joao fez a cirurgia da adenoide e colocou os tubos de ventilação também. Da mesma forma o médico disse que tinha muita secreção no ouvido e a adenoiode estava bem grande. Foi uma situação que relutei muito para aceitar, me culpava por procurar tantos médicos, e realmente acreditava que eu tinha procurado a necessidade de uma cirurgia.
    Para minha paz, o Joao reagiu super bem no pós operatório, conseguiu cuidar bem da alimentação dele. A licença foi de 05 dias, mas como foi em uma segunda feira ganhei mais o fim de semana. O sono do Joao melhorou um pouco , dormiu a noite toda 3 vezes já, e o restante até o momento acordou 1 só vez.
    Acredito que isso é um sinal de que está melhorando. Segundo o médico depois de 15 dias já posso observar melhora.

  • comment-avatar
    Fernanda Sena 21/09/2017 (20:43)

    Oi lendo essa história fiquei emocionada por lembrar do q passei esse ano com minha filha com 5 anos apresentou uma crise muito forte de otite rompendo e saindo uma secreção fiquei desesperada….a adenoide não chegava nem 50%…mas foi preciso a retirada…faz um mês que está com o tubo de ventilação no ouvido direito…..confesso q os banhos estão sendo os mais difíceis….mas faço qualquer sacrifício pela saúde e bem estar da minha pequena Maria…

    • comment-avatar
      Kely Varela 21/09/2017 (22:54)

      Os banhos são complicados mesmo… mas você vai ver, logo eles caem e a vida de vocês vai ser só alegrias!
      Muita saúde para a pequena!
      Beijão
      Kely

Participe!!

%d blogueiros gostam disto: