Segundo Idioma na Infância Ajuda no Desenvolvimento da Criança

Neste ano as nossas crianças começaram a fazer aulas de inglês. Raquel e Samuel fazem aulas no The Kids Club aqui de Curitiba e também tem um sistema de aulas bilíngue na escola onde estudam.

Os dois são ainda crianças pequenas. Existem vários estudos que comprovam que crianças entre 2 anos e 8 anos tem uma facilidade muito maior de aprender uma segunda língua. 

Recebi várias perguntas de pais me questionando se eu não tinha medo de expôr meus filhos tão pequenos a uma segunda língua. Antes de colocar as crianças para aprender inglês, eu pesquisei bastante sobre uma segunda língua na infância. 

Crianças que tem contato com dois idiomas ao mesmo tempo apresentam um aumento de conexões cerebrais na região responsável pela linguagem. Esse aumento ajuda com que elas tenham um maior desempenho na criatividade, curiosidade e raciocínio. Desde cedo essa criança já tem uma visão mais vasta de mundo. 

inglês para crianças

Assim como na língua materna, em que a criança vai aprendendo através de um processo natural, em que a língua vai sendo exposta no cotidiano, quando uma criança vai aprender uma segunda língua, ela também deve absorver as informações da mesma maneira. Assim como no português, quando um bebê começa a falar, ele primeiro fala palavrinhas, depois monta pequenas frases e quando você vê a criança já fala sem nenhuma dificuldade. 

7 Coisas Que Você Precisa Aprender Sobre Inglês Para Crianças

Crianças pequenas, que não estão no processo de alfabetização, devem ter contato com o inglês (caso da minhas crianças) através de vídeos, falas, músicas e não através da parte escrita. A criança precisa aprender a fazer as relações na outra língua, assim como aprendeu na língua materna. 

É fundamental que as aulas de inglês ou outra língua sejam ministradas inteiramente em inglês sem traduções. A criança com o tempo vai fazer as relações necessárias e contextualizar o que cada palavra significa.

Os estudos também comprovam que crianças que estão na fase de alfabetização, devem ser alfabetizadas, primeiro na sua língua materna. Apenas mais para frente, depois que já souber os códigos da própria língua que deverá aprender a parte escrita da segunda. A criança que já foi alfabetizada na língua materna, vai ter uma maior facilidade com a escrita do segundo idioma, visto que o alfabeto segue um mesmo padrão. 

No momento da alfabetização, a criança pode sim continuar aprendendo inglês (sem a inserção da parte escrita) e esse aprendizado não tende a atrapalhar no processo da língua materna. 

Muitos colégios oferecem um método totalmente bilíngue, em que a criança tem todas as aulas em duas línguas (exceto o português). Outras escolas utilizam o método de forma mais lúdica. A The Kids Club oferece o método bilíngue dentro de escolas parceiras. As aulas deles vem inserir a língua inglesa, de uma maneira que a criança se sinta interessada e instigada. A criança vai ter em média 3 a 5 aulas semanais com um método totalmente lúdico, utilizando no aprendizado das crianças, a culinária, contação de história, brincadeiras com aulas totalmente em inglês. Assim, o aluno vai se familiarizando com a nova língua e aprendendo de maneira natural, sem fazer muito esforço para isso. 

Crianças Bilíngues São mais Inteligentes?

Crianças que tem contato com uma segunda língua desde cedo, desenvolvem algumas habilidades. Elas tem uma capacidade muito maior de prestar atenção nas coisas, seu raciocínio lógico é desenvolvido muito mais cedo, visto que precisam fazer relações no dia a dia sobre qual palavra devem utilizar em determinada língua. Elas conseguem ter mais foco nas tarefas. 

inglês para crianças

Meu Filho Vai Confundir os dois idiomas?

A resposta é não. Claro que é importante frisar, que é preciso respeitar o desenvolvimento de cada fase de uma criança. Se a criança for exposta a um processo que não é adequado para sua idade, pode ser que o ensino de uma segunda língua não seja algo natural e que a faça feliz. 

Pais que falam mais de um idioma precisam tomar cuidado também. Não dá para falar toda hora com a criança em uma língua diferente. Ela precisa ter referências e saber como se comunicar com determinada pessoa. 

Meu filho está aprendendo uma segunda língua, ele vai ter problemas na hora de falar?

Como já falei em textos anteriores, quando começaram a fazer as aulas de inglês para crianças, Raquel parecia meio inibida. Ela não falava tanto nas aulas e nem conosco. Depois de alguns meses ela se soltou e começou a interagir super bem. Hoje ela canta as músicas em inglês, fala várias palavrinhas e me corrige quando falo algo com a pronúncia errada. Esse período em que ela parecia estar tímida, era na verdade o tempo em que ela se manteve mais em silêncio, apenas absorvendo e observando a dinâmica da nova língua. 

Inglês Para Crianças – A Alegria de Aprender Um Novo Idioma

Fazia parte do processo dela, esse período para começar a estabelecer as relações necessárias para conseguir se comunicar e participar ativamente das aulas. 

Sempre falo que nós pais, não podemos deixar nossa ansiedade tomar conta dos nossos filhos. Muitas vezes colocamos eles em alguma atividade esperando que os resultados sejam imediatos. 

Aprender uma segunda língua, mais especificamente o inglês no caso dos meus filhos, é um processo. Não dá para focar no resultado. Tem que curtir cada etapa e ir vendo como eles evoluem naturalmente!

inglês para crianças

 *** Parceria – Mágicas de Mãe acredita no método da The Kids Club e super recomenda!

Comentários

Sem Comentários para "Segundo Idioma na Infância Ajuda no Desenvolvimento da Criança"

    Participe!!