Nem as Crianças, os Pais e a Escola tem Maturidade para Aulas Online!

Estamos enfrentando o coronavírus e também as aulas online!

Ninguém previa que de uma momento para outro as escolas teriam que criar aulas alternativas para poder ensinar as crianças em casa. Ninguém esperava que de uma hora para outra os professores teriam que entender de youtube para ministrar suas aulas para crianças de poucos meses (sim, existem aulas para crianças ainda bebês) até crianças maiores.

E nossas crianças não possuem maturidade para encarar aulas online!

Se coloque no lugar de uma criança em fase de alfabetização que está em casa com os pais durante todo o dia. Ela vê os pais em casa e logo associa aos finais de semana, em que geralmente toda a família fica junto o tempo todo. Ela não entende que o pai e a mãe estão em casa, mas continuam trabalhando. É complicado para uma criança pequena assimilar que a casa, lugar em que ela se sente mais confortável e que ela está acostumada a brincar, ver os desenhos preferidos, os canais do youtube prediletos, agora também é local das suas aulas escolares.

Então, não espere que uma criança vá sentar na frente de um computador e fazer todas as atividades de forma agradável. Ela não vai ter paciência! Ela não está no ambiente escolar interagindo com os colegas. Ela não está com a professora, pessoa com a qual ela não tem liberdade para se expressar da forma que se expressa com os pais.  Sim, ela vai achar as aulas chatas, vai querer brincar, comer, dormir. Ela vai te achar a mãe ou pai chato que fica insistindo para ela fazer lição quando ela poderia estar aproveitando o conforto da sua casa.

E esse comportamento é totalmente compreensível!

familia

Os pais não tem maturidade para aulas online!

Diria que os pais não tem em primeiro lugar, didática para repassar o conteúdo da escola. Sim, acaba que os pais precisam repassar a matéria que a criança não conseguiu assimilar no vídeo. Muitas escolas não tem a opção online e acaba que os pais precisam ensinar toda a matéria para os filhos. E então, os pais não tem tempo suficiente para se dedicar a todas as suas atribuições e mais a de professor do próprio filho. E os pais por vezes não tem paciência. O filho chora, briga, se irrita… e nisso o momento das aulas em casa se tornam um caos para toda a família.

A escola não tem maturidade para as aulas online!

A escola não esperava que teria que se adaptar totalmente a uma nova forma de ensinar. E nisso, muitas ainda não encontraram a medida adequada de como tornar as aulas virtuais atrativas para os alunos. Há as que exageram com a carga horária de vídeos e há as que exageram para menos não dando o suporte mínimo para as famílias nesta pandemia.

É preciso entender que neste momento o mais importante é a saúde das crianças! Sobrecarregar pode fazer com que os pequenos travem e não consigam assimilar nada.

Sabemos que é o meio que temos agora. Mas é preciso olhar para as crianças com mais empatia e respeito. Os adultos que representam as escolas e os pais precisam conversar e encontrar um meio termo que leve em conta a criança.

Não estamos no momento apenas de passar conteúdo. Estamos no momento de passar segurança. De ensinar aos poucos como nossos filhos podem lidar com tudo, inclusive com as aulas online.

A maturidade só se adquire com o tempo. Por isso, vamos com calma para que todos possam encontrar um caminho juntos para o bem das nossas crianças.

Comentários

Sem Comentários para "Nem as Crianças, os Pais e a Escola tem Maturidade para Aulas Online!"

    Participe!!