Crianças sírias seguram Pokémons na esperança de serem salvas

Em meio a febre de notícias sobre o jogo Pokemon (que ainda nem chegou no Brasil), uma campanha seríssima chamou a atenção do mundo nesta sexta feira. Crianças sírias tem sido fotografadas segurando fotos de Pokemóns, na esperança que alguém venha salvá-las.

pokemonsiria1
Para quem ainda não conhece, o jogo do Pokémon é uma verdadeira febre mundial, e tem como objetivo caçar Pokemons com o celular. Basicamente as pessoas instalam o aplicativo e saem nas ruas procurando estes bichinhos.

A campanha das crianças Sírias foi criada pelo grupo de oposição ao presidente Bashar al-Assad. O objetivo é mostrar ao mundo o sofrimento que o povo sírio está passando com a guerra.

As mensagens seguradas por crianças, dizem por exemplo:

“Eu vivo em Kafr Nabl, a paisagem Aleppo. Venha me pegar.”
“Eu sou um Pokémon em Idlib, na Síria, será que você poderia vir e me salvar?”
“Estou em Kafrnabol no campo #Idlib, venha me encontrar”.

Muitas agências governamentais dizem que esta guerra é o pior desastre humanitário dos tempos modernos. Milhões de pessoas foram obrigadas a fugir das suas cidades devido aos bombardeios.

pokemonsiria2

o responsável pelas fotos foi o designer gráfico sírio Saif Aldeen Tahhan. Ele também usou o jogo Pokémon Go para destacar a devastação no país ao longo dos últimos cinco anos.

Eu criei estas imagens como uma maneira chamar a atenção para a guerra síria, e se concentrar no sofrimento do povo, explicou.

pokemonsiria3

Ele disse à Al Arabiya: “O mundo tornou-se obcecado com este jogo, então eu disse a mim mesmo por que não usá-lo como um meio para transmitir o nosso sofrimento?”

“Todo mundo está agora à procura de Pokémon, no entanto, os sírios estão procurando as necessidades básicas da vida. Honestamente, eu não acho que o mundo sente por nós.”

Todas as fotos foram retiradas do site da RFS.

Nós, dos sites truquesdepai e magicasdemae esperamos que a reportagem ajude a nos conscientizar dos horrores que este povo está passando. E como podemos ajudar? Vou citar aqui, brevemente, a única forma que ajudei até hoje:

Foi logo depois da foto daquele menino na praia :-(. Eu soube através de uma amiga que a igreja dela estava ajudando a trazer duas famílias Sírias para Curitiba. Ajudei da forma que eu podia, financeiramente. Soube depois que as famílias chegaram bem e estão instaladas aqui com sucesso. Espero um dia poder ajudar mais.

Se vocês souberem de outras formas de ajudar este povo tão sofrido, por favor escrevam aqui nos comentários. Vamos compartilhar estas histórias e tentar fazer deste mundo um lugar melhor para nós e nossos filhos.

Comentários

Sem Comentários para "Crianças sírias seguram Pokémons na esperança de serem salvas"

    Participe!!