Autismo Não Tem Cara!

Autismo não tem cara.

Outro dia fui fazer o meu cartão de estacionamento para pessoas portadoras de necessidades especiais (sim, possuo uma deficiência, no meu caso visual) e na mesa ao lado estava uma mãe fazendo o mesmo cartão de estacionamento para o filho autista.

A mulher se dirigiu ao atendente e explicou que gostaria de fazer o cartão para o filho autista. O senhor pediu para ela todos os documentos, incluindo documento com foto da criança. 

Eu que estava sendo atendida não pude deixar de observar o momento em que o senhor disse para a mulher “Nossa, que criança linda! Ele não tem cara né?”

A mãe da criança falou imediatamente “O que? Não Entendi”. 

E o atendente respondeu com muita tranquilidade, na maior “inocência” “Ele não tem cara de autista. Hoje eles estão muito diferentes. Antigamente você notava que eles tinham algo, hoje a gente nem percebe. Cada criança linda que a gente nem diz que tem autismo”.

A mãe nem respondeu nada. Apenas concordou com a cabeça ou talvez tenha ficado sem reação mesmo. 

Não é preciso muito estudo sobre o assunto para saber que autismo não tem cara. Que autismo não tem nada a ver com beleza física. Que autismo não está estampado na testa da pessoa. 

É preciso abrir a mente e abandonar a ignorância. O TEA – Transtorno do Espectro Autista é muito amplo. Não tem como você dizer quem é ou não é autista apenas pela cara. 

As pessoas como o atendente que estava fazendo os cartões de estacionamento precisam sim saber o mínimo sobre o assunto. Precisam estar cientes que comentários como estes são sim repletos de preconceitos e totalmente desnecessários. 

O autismo é algo sério e necessita que as pessoas parem de criar mitos em torno dele. Só a informação pode fazer a diferença!

Comentários

Sem Comentários para "Autismo Não Tem Cara!"

    Participe!!