7 Dicas de Como Falar Sobre o Coronavírus Com As Crianças Sem Assustar Elas

O novo coronavírus está cada vez mais espalhado pelo mundo. O Brasil não está de fora e mesmo que ainda seja verão por aqui, não podemos deixar de conferir informações sobre a doença.

Os médicos dissem que, em situações de epidemia, a primeira coisa que temos que fazer é dar informações corretas para as crianças sobre o assunto. Não pensem que não falando, elas não vão ficar sabendo.

Na nossa casa a Raquel (8 anos) chegou da escola semana passada perguntando sobre a gripe que vinha da china. Estava realmente preocupada. E segundo ela, seus colegas da turma também. Era o assunto em voga da escola.

Segundo os médicos, se os pais não informarem corretamente as crianças, é normal que elas passem a fantasiar sobre o assunto, o que pode fazer a gripe parecer pior do que já é. Em Curitiba, por exemplo, algumas escolas pediram que alunos que voltaram da Itália nos últimos dias ficassem de quarentena em casa. Isto pode fazer alunos sofrerem preconceito e bullying, pois até o momento esta não é a indicação do Ministério da Saúde.

Por falar no Ministério, é importante ficar atento as suas recomendações e não a que os grupos de whatsApp indicam. Já recebi a fake news que tomar caldo de cana é bom para evitar o corona. Acreditam nisso? É notícia falsa pessoal.

Agora vamos as 7 Dicas de Como Falar Sobre o Coronavírus Com As Crianças Sem Assustar Elas

Baseado em conversa com médicos, nossa conversa com a Raquel e notícias de sites confiáveis da internet, vamos as dicas:

1 – Verifique Com a Criança o Que Ela Sabe

No nosso caso, para começar a conversa, perguntamos para nossa filha o que ela sabia sobre o assunto. O que seus coleguinhas estavam falando em sala de aula. Aqui você pode colher informações e corrigir entendimentos errados. No nosso caso ela disse que a gripe era forte e todo mundo estava morrendo. Nós calmamente explicamos melhor que na verdade quem estava morrendo eram os velhos e pessoas doentes. Ela ainda ficou preocupada, claro (empatia), mas aprendeu que não era todo mundo.

2 – Conte a verdade Sobre o Coronavírus

Com base em informações do ministério da saúde e sites confiáveis, conte a verdade sobre o vírus. Não minta para a criança. Diga que chegou no Brasil. Mas diga que não é necessário entrar em pânico e sim se cuidar. Depois da sua explicação, verifique se a criança tem perguntas. Responda a todas calmamente.

3 – Não ria dos medos da criança

Demonstre que não está com medo. Crianças tem nos pais suas âncoras para momentos de medo. Mostre que a gripe é algo sério, mas se bem cuidado e tratado não vai oferecer riscos a criança nem aos papais. Pelo menos não mais do que uma gripe comum. E que coisas mais perigosas por ai, como por exemplo, andar de carro e se acidentar. Os doenças com a dengue, que estão mais espalhadas pelo Brasil e muitas vezes as pessoas não falam sobre elas.

4 – E se o papai ou a mamãe ou a criança pegar a gripe?

Explique para ela como o vírus funciona. Que muita gente pega o vírus e se estiver bem não pega a gripe. A maioria das pessoas não precisa de tratamento. E se precisarem basta ir ao médico pegar remédio e repousar até melhorar.

5 – Lavar bem as mãos ajuda muito.

Diga para a criança que higiene é muito importante para se manter saudável. Lavar bem as mãos, evitar colocar a mão na boca, nariz ou olhos. E tem que caprichar na lavação. O tempo certo para lavar as mãos tem a duração da música “Parabéns pra você” cantada duas vezes.

6 -Sai pra lá preconceito

Diga que não pode brigar com os chineses, japoneses, coreanos por causa da gripe. Parece besteira, mas já recebemos este tipo de bobagens em grupos de whatsApp.

7 – Conte histórias que tudo vai dar certo

Conte histórias que a maioria das pessoas que pegam gripe comum ou o corona sobrevivem. A grande maioria mesmo. Tem gente que pega e nem sabe que pegou. ou seja, tudo vai dar certo no final. Mas tem que se cuidar.

Comentários

Sem Comentários para "7 Dicas de Como Falar Sobre o Coronavírus Com As Crianças Sem Assustar Elas"

    Participe!!