Empatia na Maternidade – Pode Aliviar Medos e Fazer Mamãe e Bebê Mais Felizes

Empatia na Maternidade – Pode Aliviar Medos e Fazer Mamãe e Bebê Mais Felizes

Empatia pode tornar a vida da mãe, do bebê e de quem vive ao redor deles muito mais fácil!

Vejo que hoje parece ser muito complicado para grande parte das pessoas se colocarem no lugar do outro. Pensar nas razões pelas quais alguém age de uma forma ou de outra não é algo que se leve em consideração!

Vivemos em um mundo individualista e ao mesmo tempo que se preocupa em demasia com a vida dos demais.  E o mundo da maternidade é cheio de “toma que o filho é teu” e “que horror, como você tem coragem de fazer assim ou assado”?

Quase ninguém quer se colocar no lugar da mãe! Quase ninguém faz questão de entender o lado da mãe.

Outro dia conversando com uma pessoa muito próxima que vai ser pai em breve, eu comentei que o começo da vida de mãe e pai tem seus momentos muito delicados e difíceis. E ele respondeu “mas é assim né, todo mundo passou por isso”!

Será que realmente é assim? Será que sempre foi desta forma individualista, em que grande parte das pessoas só tem tempo de se preocupar com as suas coisas e outra boa parte perde seu tempo palpitando e criticando as atitudes tomadas pelos pais do bebê?

empatia materna

Há uma frase que diz que para cuidar de um bebê é necessário toda uma aldeia. E eu diria com toda propriedade que para cuidar de um bebê é necessário que se cuide também da mãe da criança.

O puerpério é um dos momentos mais delicados da vida de uma mulher. E é justamente quando o mundo mais lhe exige. É como se de um momento para outro a mulher passe a ser uma super mãe capaz de dar conta de todas as esferas da maternidade e também das outras relações sociais. O problema é que muitas vezes ela está sozinha ou mal acessorada. Não existe quem lhe ajude de fato a enfrentar este momento tão conturbado. 

A empatia não é algo que vai exigir muito de você. Basta se colocar no lugar da mãe. É só entender a mãe. Empatia é algo simples e que engrandece as relações.

Se colocar no lugar do outro, não julgar e estender uma mão são gestos simples, com certeza irão fazer muito bem para a mamãe, bebê e para quem estiver ao redor deles!

Como Uma Mãe Consegue Ter Saúde Sem Dormir – Veja o que Diz o Dr. Drauzio Varella

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *