Antes de Oferecer Bebida ou Comida – Pergunte à Mãe da Criança

 

Ninguém conhece melhor uma criança do que a própria mãe, não é mesmo? 9Mas uma grande parcela de pessoas não acredita nesta afirmação.

Quem nunca viu um adulto oferecendo alimentos como doces, salgadinhos, refrigerantes, cerveja para o filho? Sim, você ouvir cerveja! Essa cena é muito corriqueira. Você pode estar no ônibus e do nada alguém oferece para a criança uma balinha ou um salgadinho. No almoço de domingo sempre tem algum familiar que solta um chocolate ou um pirulito na mão da criança sem que você faça a mínima ideia de quem foi o autor da proeza.

Muitas mães não gostam que outras pessoas ofereçam alimentos para os filhos. Elas não são chatas! Elas não são frescas! Elas são mães preocupadas com os filhos. Sim, mães que conhecem a história da criança e sabem o que o filho deve ou não ingerir.

Meus dois filhos tinham alergia à proteína do leite de vaca – APLV e ao ovo. Sendo assim, sempre tive um cuidado redobrado com a alimentação deles. Passei a ler todos os rótulos e fazer a própria comida em casa, como bolos e biscoitos que não tivessem nenhum destes componentes. Mas apesar de eu cuidar muito, acabei passando alguns apuros com alimentos que eles tiveram acesso através de outras pessoas.

Não estou dizendo que não quero que você seja gentil com os meus filhos. Não estou pedindo para você nunca oferecer algo para o meu filho. Estou apenas explicando que antes de oferecer qualquer coisa para uma criança é preciso perguntar para a mãe se a criança pode mesmo comer determinada coisa.

Imaginou se a criança é alérgica a algum componente do alimento e tem um choque anafilático?

Certa vez no ônibus, quando meu filho tinha uns 8 meses, uma moça ofereceu salgadinho para ele. Agradeci gentilmente e disse que ele não poderia comer pois tinha alergia ao leite e a moça me respondeu meio ofendida “Mas aqui só tem água, azeite e sal”. Terminei a conversa agradecendo mas que ele não podia comer o tal salgadinho!

Alergia ao leite de vaca

Eu não sou fresca, mas dar salgadinho que só tem água, azeite e sal não é o que eu acho adequado para o meu bebê que começou comer há poucos meses. Em outra situação, peguei alguém dando “só um golinho de cerveja” para o meu pequeno que estava com 1 ano e meio. Nessa hora, a gente perde um pouco da delicadeza e fala mais sério com o adulto que faz tal coisa. Todo mundo sabe, mesmo quem não tem filhos, que álcool faz mal para uma criança!

Só quem é mãe sabe o que de fato é mais indicado para a sua criança. Se você deseja ser gentil e educado tanto com a criança quanto com a mãe, pergunte antes de oferecer. Perguntar vai evitar que você venha a ter problemas com a saúde da criança ou com a reação não muito amigável de uma mãe que defende o seu bem maior.

O mundo precisa de bom senso! As pessoas precisam passar a respeitar as opiniões de uma mãe. Nenhuma mãe gosta de ser indelicada ou passar por chata, mas muitas vezes ela precisa fazer em isso em nome da saúde dos filhos.

Meu Filho Não Come – “Deixe Seu Filho Em Paz” diz Carlos González

Comentários

1 Comentário para "Antes de Oferecer Bebida ou Comida - Pergunte à Mãe da Criança"

  • comment-avatar
    Germanna 18/11/2016 (10:07)

    Isso Mesmo.

Participe!!

%d blogueiros gostam disto: