Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade: conhecendo o TDAH

Mais um texto super esclarecedor e informativo sobre o desenvolvimento infantil. Hoje a Daniely Sanches vai nos falar mais sobre um transtorno que vem atingindo muitas crianças e adolescentes. 

O Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH) é um transtorno comportamental que tem como principais sintomas a falta de atenção, impulsividade excessiva e hiperatividade. Os sintomas podem se manifestar em diferentes níveis de intensidade e de diferentes maneiras, variando também, o grau de intensidade do transtorno.

Algumas crianças podem ter dificuldades para completar o dever de casa e perder com frequência seus pertences, mas não serem impulsivas ou agitadas. Existem também aquelas que, apesar de serem hiperativas, não apresentam dificuldades elevadas para concentração ou aprendizagem, principalmente, quando estão realizando atividades que consideram interessantes.  Ou seja, algumas crianças podem sofrer apenas com a desatenção, enquanto outras, apenas com a hiperatividade e há ainda, aquelas que sofrem com os dois problemas. Então, preste muito atenção nos hábitos do seu filho.

Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade TDAH

Sintomas de desatenção:

Atenção se, muitas vezes, a criança:

  • Não consegue prestar atenção em detalhes;

  • Comete muitos erros (por falta de atenção) nas atividades escolares ou domésticas;

  • Sente muita dificuldade para manter a atenção ativa;

  • Parece não ouvir quando é chamado;

  • Não consegue terminar as tarefas da escola;

  • Tem muita dificuldade para se organizar;

  • Sempre foge de atividades que exigem esforço mental (estudar, ler, fazer o dever de casa);

  • Esquece/perde facilmente (e constantemente) objetos do seu dia a dia;

  • Se distrai com muita facilidade;

Sintomas de hiperatividade:

Atenção se a criança:

  • Sofre com muitas variações de humor;

  • Levanta toda hora e não consegue ficar quieto na sala de aula ou em situações semelhantes;

  • Tem muita dificuldade em esperar pela sua vez;

  • Constantemente, interrompe outras pessoas;

  • Muitas vezes, explode em conversas (sem motivo aparente);

  • Tem muita dificuldade de se controlar (ações e palavras) e por vezes, é visto como agressivo ou mal-educado;

  • Desobedece com frequência as ordens dos pais;

  • Chora e mexe nas mãos/pés ou em objeto sem parar;

É importante lembrar que, para uma pessoa receber um diagnóstico de TDAH, os sintomas de desatenção, hiperatividade ou impulsividade devem ser crônicos ou de longa duração, de modo a prejudicar o desenvolvimento normal da sua idade.

Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade TDAH

CURIOSIDADE: Especialistas afirmam que, apesar de ocorrerem em ambos os sexos, a hiperatividade e a impulsividade são mais comuns em meninos do que em meninas.

O que causa o TDAH?

Segundo a Associação Brasileira do Déficit de Atenção – ABDA, o TDAH é considerado um transtorno neurobiológico causado por questões genéticas. De acordo especialistas, apesar de o TDAH não ser causado por questões emocionais ou problemas psicossociais, estes fatores podem influenciar no comportamento das pessoas que possuem o transtorno.

Como o TDAH é tratado?

O tratamento depende das necessidades individuais de cada um, então, inicialmente, é realizado uma avaliação biopsicossocial para traçar o perfil da criança.

Mas em geral, os tratamentos incluem a utilização de medicamentos específicos, psicoeducação, supervisão escolar especial, psicoterapia e treinamentos para ajudar a criança no desenvolvimento de habilidades sociais.

Fonte: https://pixabay.com/pt/photos/smiley-emoticon-raiva-com-raiva-2979107/

O que fazer?

Quase toda criança passa por momentos complicados durante o seu processo de desenvolvimento. Períodos curtos de mau comportamento ou timidez, normalmente, não são motivo de preocupação. Porém, se comportamentos considerados inadequados ou prejudiciais durarem longos períodos de tempo, procure a ajuda de um profissional.

Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade TDAH

O diagnóstico de TDAH requer uma avaliação abrangente por parte de um especialista, como um pediatra, psicólogo ou psiquiatra com experiência em TDAH.

Sobre a autora:

Daniely Sanchez Taraskevicius é Psicóloga Especialista em Desenvolvimento Infantil e Autismo. Especializanda em Análise do Comportamento Aplicada pela UFSCAR. É formada há 10 anos e atende na Zona Leste de SP no Bairro do Tatuapé, casos como: Ansiedade Infantil, Agressividade, Medos, Bullying, Comportamentos Disfuncionais, Baixa Autoestima, Depressão Infantil, Atraso de Desenvolvimento, Transtorno do Espectro Autista (TEA), Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH).

Mais informações: https://psicologadaniely.com.br/

Comentários

Sem Comentários para "Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade: conhecendo o TDAH"

    Participe!!