Você Quer Que Seu filho Confie em Você ou Tenha Medo de Você?

Outro dia eu estava assistindo a Super Nanny e me peguei chorando no meio do episódio. Era uma versão gravada na Polônia e o casal tinha três filhos pequenos. O mais novo tinha meses, a menina do meio seus 4 anos e o mais velho uns 8 anos no máximo.

Eu confesso que nunca fui adepta do programa: alguém de fora que vem dizer como você deve conduzir a educação dos seus filhos. Mas por algum motivo, naquele capítulo eu fiquei pensando “Que bom que ela foi ajudar essa família. Que bom que ela foi socorrer aquelas crianças”.

O título deste texto “Você quer que Seus Filhos Confiem em Você ou Tenham Medo de Você”? é totalmente inspirado naquela família polonesa.

Meus Filhos Sentem Medo de Mim

Vou resumir a história daquela família.

Um pai e uma mãe cansados. Que seguiam a risca os ensinamentos da Super Nanny, ou melhor, do que eles entendiam ser os ensinamentos dela. Eles aplicavam as técnicas que viam nos programas de tv e também nos livros.

Ele, um pai sem paciência. Que se irritava com coisas que teoricamente não eram motivo de irritação e sim coisas normais do comportamento de uma criança. Processos que fazem parte do desenvolvimento infantil faziam o pai perder a mão e ser austero demais.

Em um momento a menina de 4 anos estava escovando os dentes e ele pediu “Agora para o outro lado”. A menina continuou escovando do mesmo lado. O pai então aumentou o tom de voz “Para o outro lado”. A menina continuou escovando do jeito que ela sabia. O pai então aumenta suas ameaças “Já falei que é para o outro lado… você vai ficar no cantinho do castigo”. A menina lentamente muda o lado da escova na boca e o pai tira a escova da mãozinha dela e fala já gritando “Você não está fazendo direito. Vai para o castigo”. E assim ele coloca a menina aos berros de castigo por não ter escovado os dentes da maneira que ele queria.

Confesso para vocês que aqui eu chorei, Eu via o meu filho naquela situação. Quem tem crianças pequenas sabe que o processo deles é gradual e que eles precisam do nosso exemplo, da nossa ajuda. Várias vezes deixo Samuel escovar os dentes como ele sabe e depois faço a escovação adequada.

Super Nanny

Em outro momento, as crianças brigam (quem tem mais de um filho sabe como isso acontece algumas vezes num mesmo dia) o pai pergunta o que aconteceu já falando “quem estiver mentindo vai para o castigo”. A menina diz que foi o irmão e o menino se defende. Mas o pai não escuta o que o menino diz e imediatamente o coloca no castigo.

Todas as vezes que esse pai utiliza o cantinho do castigo ele faz num grau de raiva super elevado. Ele não está pensando, está apenas gritando e soltando sua raiva.

A mãe se mostra muito impaciente com a menina. Tudo que a menina faz lhe irrita profundamente. Se a menina senta da maneira errada, come devagar ou faz barulho para mastigar vira motivos para o castigo.

Crianças Tristes com medo de Seus Pais

E o resultado são crianças tristes que se sentem acuadas e com medos dentro da própria família que deveria ser sua grande proteção.

Os pais estão agindo tão no automático que não notam mais. Eles não brincam com os filhos. Eles não elogiam. Eles apenas educam de maneira rígida com a melhor das intenções. Estão fazendo isso achando que será a melhor forma de criar crianças educadas.

Crianças educadas e infelizes no caso da família do programa.

E ali percebi que sim, algumas famílias realmente precisam de consultoria, de um trabalho de coaching familiar, de terapia, de um conselho.

Mudando a Postura e Criando Laços Fortes e Verdadeiros

Quando a Super Nanny mostrou aos pais o que eles precisavam mudar o resultado foi surpreendente e rápido.

Ela pediu que o pai jogasse com as crianças um jogo de blocos. O pai no começo ordenava. Com a orientação da consultora ele começou a conversar e elogiar as crianças. E a postura das crianças começou a mudar. Em um momento a Super Nanny comemorou com as crianças e disse para as crianças fazerem isso com o pai e elas tinham medo de encostar no próprio pai. Quando ele demonstrou afeto e elogiou elas novamente, elas só sorriram. Criaram uma conexão através do carinho.

Super Nanny

Em outro momento de briga das crianças, o pai chama o filho e diz “Papai só quer saber a verdade. Papai não vai brigar, só quer saber o que aconteceu” e o menino chorando diz ao pai “Fui eu, desculpa” e explica o que havia feito de errado. O pai então diz que não pode fazer isso e dá um abraço no menino.

Crianças Não Precisam de Ameaças Para Serem Educadas

Muitas vezes estamos cansados e acabamos utilizando de métodos que não são os mais adequados para educar uma criança. Deixamos nossa falta de controle interferir na real maneira como queremos educar nossos filhos. E no fundo, acredito que todos queremos criar filhos com o nosso melhor, com o nosso amor.

Podemos ser firmes, mas não podemos nunca deixar de demonstrar para nossos pequenos que eles podem sempre confiar e se aconchegar em nossos braços.

 

Porque Escolhi Você Para Ser a Madrinha do Meu Filho

Comentários

Sem Comentários para "Você Quer Que Seu filho Confie em Você ou Tenha Medo de Você?"

    Participe!!