Sentir Solidão Materna Não Quer Dizer Que Você Não Ame Seu Filho!

Solidão Materna existe.

Atinge milhares de mulheres que exercem a maternidade com toda dedicação do mundo.

É preciso que fique claro já no começo do texto que estar se sentindo só não quer dizer que você não está amando seu filho!

Muitas pessoas que nunca sentiram solidão materna, tendem a julgar mulheres que se encontram num estado solitário. Não é incomum ouvir frases como “Nossa, como pode não gostar do bebê?”, “Tem gente que não nasceu para ser mãe”, “Está tentando chamar a atenção” e por aí vai.

Mas sentir-se só é algo que realmente acontece independente dos nossos queridos filhos. Não é depressão pós parto. É uma falta que sentimos de nos sentirmos inclusas na sociedade como um todo. Sentir que nosso mundo não se resume unicamente ao papel de mãe.

Ser mãe é maravilhoso! Mas só isso muitas vezes não é o suficiente!

As mulheres desempenham muitos outros papéis dentro de uma sociedade. São esposas. Amigas. Trabalhadoras. Filhas. Parte importante de uma engrenagem que vai muito além da maternidade.

E as mulheres não querem abrir mãe da maternidade. As mulheres não querem abrir mão de nenhum dos seus papéis.

Depois dos filhos elas passam a exercer em menor tempo alguns deles. Passam a dividir seu tempo entre todas as funções.

Mas muitas vezes o começo dessa adaptação com uma rotina nova, um mundo totalmente diferente pode ser complicado para grande parte das mulheres enquanto mães e mulheres em outros papéis.

O maior destaque será realmente para o seu personagem MÃE! Ele será o principal e estrá no centro da sua nova vida. Mas você não quer ser somente mãe!

Leia Mais sobre Solidão Materna

Você quer ter uma rede de apoio ou uma válvula de escape ou a possibilidade de ser outras coisas além de MÃE.

Você é a mãe que quer dividir as suas vivências maternas com outras pessoas. Quer poder exercer o papel de amiga e desabafar. Extravasar suas dúvidas, seus medos, seus anseios. Você muitas vezes quer ser a mulher que trabalha fora e troca informações e conversa sobre outras coisas além da maternidade. Você quer continuar sendo o que você era antes dos filhos, mas com os filhos.

E muitas vezes a solidão materna nos diz que esse querer não é possível. Que você precisa ser o que é no momento e só!

Mas o ser humano não nasceu para viver isolado. E você como mãe sente a imensa necessidade de se comunicar com o mundo! Querer estar conectada ao mundo externo não faz de você uma mulher desalmada ou egoísta. Faz de você uma mulher conectada com a sanidade.

Isso mesmo, viver em comunidade, trocar informações, se comunicar demonstra que você busca na verdade um ponto de equilíbrio entre sua nova vida e o mundo.  Nossos filhos precisam entender que não somos seres isolados. Que faz parte da natureza viver em tribos. Dividir a vida.

Se você se sente só é sinal de que algo está faltando. E o que falta com certeza demonstra que você é um ser conectado com a vida.

Mulheres que vivem felizes, educam filhos mais felizes. Não querer estar só significa que você quer viver a vida na sua plenitude, não apenas por você, mas pelo seu filho que logo entenderá que viver em grupo é algo saudável.

Não é Fácil Ser Mãe Em Tempo Integral – É Preciso ter Coragem, Tempo, Amor e Muito Mais!

Comentários

Sem Comentários para "Sentir Solidão Materna Não Quer Dizer Que Você Não Ame Seu Filho!"

    Participe!!