Senhor Ministro da Saúde: Não Culpe Uma Mãe

Ontem fui marcada em uma notícia sobre o pronunciamento do Senhor Ministro da Saúde Ricardo Barros. Realmente, demorei para acreditar no que eu lia. O Senhor Ministro estava jogando mais uma culpa sobre os ombros das mães!

O assunto era relacionado à obesidade. Sabemos que de modo geral a obesidade infantil tem crescido muito. Mas segundo o nosso ministro da saúde a culpa pela obesidade é das mães que trabalham fora de casa.

Ministro da Saúde Ricardo Barros

Segundo o Ministro Ricardo Barros “É preciso qualificar essas crianças para manipular os alimentos. Muitas delas não ficam em casa com as mães e não têm oportunidade de aprender a descascar os alimentos.”

Todos nós sabemos que a figura materna é importante para a formação de uma criança, inclusive no que se refere a educação alimentar. Mas a figura paterna também é! Onde fica a responsabilidade do pai na educação da criança? Por qual razão só a figura da mulher é crucificada?

Leia Também Zezé di Camargo – Mulheres Não Fazem Filhos Sozinhas

Eu trabalho fora e posso garantir que muitas vezes eu já me culpo por um milhão de coisas relacionadas aos meus filhos. Mas assim como eu, muitas mulheres precisam trabalhar fora. O fato de trabalhar fora não significa que nós não estejamos atentas para a alimentação dos nossos filhos. Não quer dizer que eu vou chegar em casa e encher meus filhos de comida enlatada ou refrigerantes cheios de açúcar.

O fato de eu trabalhar fora não vai fazer com que eu não cozinhe para os meus filhos ou os ensine a comer frutas, verduras e coisas saudáveis.

Por favor senhor ministro da saúde, não coloque nas costas da mulher que trabalha fora uma culpa que ela não tem!

Veja como fica o Coração de Mãe e a Volta ao Trabalho

Nos dias atuais é importante que o senhor saiba que a função de educar deve sim, ser divididas com a figura paterna. Que nossos filhos aprendem vendo nossos exemplos, ou seja, não é apenas a figura da mãe que vai dar o caminho.

Por gentileza, não culpe a figura da mãe que trabalha fora e que se vira nos 30 para conseguir dar conta de tudo. Essa mãe pode trabalhar fora, mas o coração dela e a cabeça geralmente estão pensando no bem estar do filho. A mãe pode trabalhar fora, mas ela se vira em mil para que esse filho cresça com amor, saúde e bem alimentado.

Leia também

Antes de Oferecer Bebida ou Comida – Pergunte à Mãe da Criança

Comentários

Categorizado em: Alimentação Infantil

Deixe um recado