O Emocionante Nascimento do Bebê – Versão do Pai

Olhando nosso antigo blog Descobrindo Nosso Bebê, achei o relato do nascimento da Raquel, escrito pelo papai Jardel. Lendo as palavras dele, revivi o momento e me emocionei!

Nada no mundo é mais marcante do que o dia do nascimento do bebê!

Olá pessoal, enfim, mamãe a bebê dormindo, tenho alguns minutos para contar os eventos do dia 22/12/2011 até hoje. Esta é minha versão da história, quem sabe daqui alguns dias mamãe Kely registre sua versão? 🙂

Fomos dormir tarde no dia 21. Mas quem disse que era fácil pegar no sono? Toda a expectativa, e sempre aquele medinho “Será que já está na hora dela nascer mesmo?”. Assim que conseguimos dormir, parece que o despertador já tocou, as 6 da manhã. Acordamos, e fomos na direção da Maternidade. Tinha chegado o dia.

7:00 da manhã chegamos lá! Fizemos o cadastro e logo nos encaminharam pro quarto.

“Agora é só esperar que chamem vocês!”

O parto estava agendado para 9, e antes das 8 já estávamos no quarto, só aguardando. Dai sim, o tempo demora pra passar.  Conversamos um pouco, a Kely me mostrou mais uma vez a primeira roupinha da Raquel, e as 8:30 nos chamaram.

Tinha chegado a hora, não tinha mais como voltar. Sei lá, a sensação é a mesma de alguém que tem medo de casar e chega a hora de entrar no Altar. Ou de alguém que tem medo de voar na hora que o avião decola. Não tem mais o que fazer, agora era só confiar em Deus e na equipe médica.

Fomos até a sala e me disseram pra esperar no saguão, que na hora me chamariam. Disseram: “são apenas alguns minutos, e já te chamamos”. A Kely foi em direção a porta, nos demos um abraço, desejei boa sorte e disse que logo estaria la. Ela entrou, e fiquei esperando.

Estes alguns minutos na verdade foram uma hora. Depois eu soube que a Kely teve uma complicação com a anestesia, mas deu tudo certo, por isto que demorou. Enquanto esperava, o pessoal da minha família chegou. Pai, mãe, irmã que ficaram comigo até a hora que me chamaram.

Era cerca de 9:20 quando me chamaram. Em 5 minutos lá dentro, coloquei aquela roupinha azul, conversei com o povo da filmagem e entrei. É tudo tão rápido, que se dependesse de mim, não teríamos nenhuma foto pra registrar no momento. Valeu a pena pagar por isto.

Entrei na sala, e a Kely estava lá, preparada e emocionada. Fui para o lugar onde me indicaram, e uns 2 minutos depois, a Raquelzinha nasceu.

Era 9:30. Nossa, é muito emocionante, com certeza nunca vou esquecer o momento. Primeira vez que vi seu rostinho, suas bochechinhas… A Dra. Celeste pegou ela, colocou por cima do pano que cobria o rosto da Kely, e apresentou as duas falando: “oi mamãe”. Daí sim, foi mais choradeira.

nascimento do bebê

12 Coisas Que Você Não Deve Dizer Para Uma Mãe Que Acabou de Ter Bebê!

Peguei ela no colo, levei pra medir, pesar (51cm, 3620g), colocar o pezinho no cartão, tomar as 2 primeiras vacinas (uma em cada coxa, que dó), mostrar para a família pelo vitral  e colocar ela no berço pra aquecer. Daí a enfermeira pediu pra eu ir buscar a roupinha dela, e me informou que ela iria ficar cerca de 3 horas aquecendo, e depois seria levada para o quarto.

nascimento do bebê

Sai da sala de parto, cerca de 20 minutos depois que entrei, tudo realmente muito rápido, e emocionante. Por isto que nem pensei em fotografia. Sai, dei um abraço nos meus pais e irmã, e fui pegar a roupinha, Entreguei no berçário e fiquei ali fora do vitral, só babando junto com todo mundo.

Fiquei olhando para a Raquel até tirarem ela pro primeiro banho. Esta é a única hora que ficou longe dos meus olhos. Mas logo voltou, com a roupinha que o titio Rafa deu pra ela. Ficou no berço aquecendo, até completar as 3 horas.

nascimento do bebe

 

Tinham cerca de 27 bebês este dia na maternidade. Mas ela era a mais linda. 🙂

Fui ao quarto, para ver se a Kely tinha voltado. Ainda não. Voltei ao vitral e fiquei vendo a Raquel mais um pouco. Meia hora depois, voltei ao quarto e  a Kely tinha recém chegado. Contei pra ela tudo, que o bebê estava aquecendo e que logo estaria no quarto. Voltei ao vitral e fiquei lá até levarem a Raquelzinha para o quarto, quando enfim, depois de 3 horas, mãe e filha se conheceram.

Realmente, nestes 6 dias, estamos dormindo cerca de 3 horas por dia, estamos cansados, mas está sendo tudo muito bom. E estamos começando a perceber que é bom aproveitar quando o bebê dorme para dormirmos também. Kely está descansando agora. E a Raquel também. E eu, enquanto escrevia este post, fui espiar a Raquel 4 vezes. Coisas de pais de primeira viagem.

Nem Sempre o Que Você Idealiza é o que Acontece!

Comentários

Categorizado em: Relatos de parto Tags:

Deixe um recado