Mãe Não Merece Ouvir “Pôs filho no mundo, agora aguenta”

Por favor parem de dizer que a vida de todas as mães é um mar de rosas.

Não coloquem sobre a mulher a culpa caso ela vire mãe e perceba que nem tudo era como ela imaginava. Estamos exaustas de ver milhares de fotos em que a mãe é a Mulher Maravilha, perfeita, cheia de tarefas e extremamente feliz e realizada. Leia sobre o assunto aqui

Maternar é lindo. Mas precisar amar o papel de mãe em tempo integral não é.

Por vezes vamos detestar o que a maternidade nos traz. Nenhum mulher gosta de ter sobre seus ombros sentimentos de aflição, medo, culpa, obrigação…

Sim todos eles também vem junto com a função de mãe. E ninguém disse para uma mulher que a empreitada seria tão carregada de tarefas e obrigações e palpites e dedos apontados.

Por vezes a maternidade nos deixa extremamente exaustas. São tantas tarefas relacionadas ao filho que por diversas vezes pensamos que não somos capazes. Mas a sociedade sempre nos disse que se tivemos filhos temos que dar conta sem reclamar. As falas agressivas “Pôs filho no mundo, agora aguenta” ou “Na hora de fazer não pensou né?” são geralmente proferidas por outras mulheres.

Provavelmente quem compartilha relatos não tão felizes da maternidade é porque passa sim por dificuldades. Maternidade não é uma ciência exata e por vezes você vai se sentir num beco sem saída, sem saber para onde ir ou pedir ajuda.  Algumas mães não terão auxílio nenhum. Encarar a tarefa de educar uma criança sozinha é algo que exige além forças físicas um preparo emocional bastante elevado.

Lembrem que nenhuma criança é igual a outra. Umas vão ficar mais doentes, apresentar dificuldades psicológicas, distúrbios de comportamento e essa nova mãe provavelmente não tinha noção de como as coisas seriam tão puxadas para ela.

Mães não reclamam. Elas expressam suas angústias. Falam sobre esse lado sem flores que ninguém explicou antes do bebê nascer.

O maior problema ainda é essa cobrança da sociedade que diz que ser mãe é padecer no paraíso e ponto final. Mas será que o padecer precisa ser tão sofrível?  Não podemos viver o ato da maternidade de forma mais leve?

mother-429158_960_720

Por favor parem de dizer para uma mãe que ela tem que ser como todas as outras. Parem de comparar seus filhos com as das super mães. Prestem atenção na figura de cada mulher como mãe. Pensem em mães como únicas! Mães não precisam ter os mesmos sentimentos. Não precisam tomar as mesmas atitudes. 

Já citei em outro texto como a culpa materna pode atrapalhar o crescimento da figura materna. Na maternidade não existe o totalmente certo ou errado. Existe cada mãe e cada filho dentro de seus contextos individuais.

Não exija que uma mãe seja cuidadora dos filhos, cozinheira, faxineira, esposa, família, amiga, executiva… e que sinta prazer em realizar todas as funções da mesma maneira.

Mais amor e compreensão! Somos todas mulheres descobrindo o ato de ser mãe.

Comentários

Sem Comentários para "Mãe Não Merece Ouvir "Pôs filho no mundo, agora aguenta""

    Participe!!