Filho, Não Quero Que Você Seja Um Celular!

Filho, não quero que você seja um celular! É meu pedido de desculpas para meus filhos, baseada em um post que circulou pela internet. O texto é uma oração de uma criança para Deus. Na oração a criança pede para se transformar em um aparelho celular, para assim ganhar a atenção dos pais. Confesso que esse texto mexeu muito comigo. Então, estou respondendo a oração da criança, com a seguinte mensagem:

Filho amado, por favor me desculpe! Mamãe e papai não são perfeitos. Não quero que você seja um celular. Queremos você como criança, humana e não robótica e totalmente programada.

Quero que você me perdoe pela falta de paciência com você. Não tenho muita calma com o celular não. É que muitas vezes a mamãe faz as coisas sem pensar. máquinas não pensam. Então, quando mamãe está muito cansada ela pega o celular por hábito, sem perceber que deveria fazer outras coisas muito mais importantes do que simplesmente se jogar no sofá olhando para uma tela.

Sei que isso não é uma desculpa, que você entenda. Mas espero que o Papai do Céu me escute e me perdoe. Que o cara lá de cima também me dê discernimento para entender que pessoas devem ser tocadas, abraçadas e beijadas pessoalmente.

Filho, não quero que você siga esse exemplo bobo da mamãe e do papai. O que fazemos é realmente feio. Falta de educação não dar atenção para aqueles que nos amam e estão ali, pessoalmente na nossa vida. Para isso vou parar de usar o celular quando estiver junto de você.

Prometo que quando estiver com você, estarei com você. Não importa que minhas colegas estejam esperando uma resposta via whats ou que meus amigos de trabalho queiram terminar uma partida de qualquer game online. Vou fazer essas coisas num outro momento, mas não quando estiver junto de você.

Filho, não amo o celular! Amo você. Você é a pessoa que mais importa nesse universo todo. Eu descobri que usar o celular demais é um vício. Notei isso, graças a você. Você salvou a mamãe. Precisava sentir na pele que você estava muito decepcionado comigo para perceber que preciso abandonar essa atitude feia.

Mamãe te pede perdão pelo tempo que já perdeu de estar contigo por conta desses aparelhos. E mamãe promete que a partir de agora vai passear, brincar, jogar conversa fora, deitar com você antes da hora do soninho e te encher de muito carinho.

Filho, de verdade obrigado por salvar a mamãe! 

não quero que você seja um celular

 Abaixo segue o texto que deu origem ao meu pedido de desculpas.

Eu quero ser um celular!

Oração de uma criança:

“Papai do céu, eu quero ser um celular, por causa dos meus pais. O Senhor precisa ver como eles têm paciência com ele, mesmo quando chegam em casa, cansados do trabalho. Mas comigo, não… Vão logo dando bronca.

Os olhinhos da minha mãe até brilham quando ela está olhando para o celular. É lindo de ver. Eu quero que ela olhe assim pra mim também.

Quando estamos conversando e o celular toca, meu pai corta a nossa conversa no meio, mas nunca, nunca mesmo, ele pára de olhar o celular para conversar comigo.

Eles nunca têm tempo pra brincar ou passear comigo, mas gastam horas vendo coisas no celular.

Por favor, Papai do céu, me transforme num celular. Daí todo mundo vai ficar feliz aqui em casa. Muito obrigado. Amém!”

Crianças e celulares

Crianças e celulares

Comentários

1 Comentário para "Filho, Não Quero Que Você Seja Um Celular!"

  • comment-avatar
    Lourival 22/09/2015 (09:30)

    Muito bom o site, vou acompanhar.

Participe!!

%d blogueiros gostam disto: