Processo de Encontro da Minha Autoestima Através da Consultoria de Estilo – Parte 1

Processo de Encontro da Minha Autoestima Através da Consultoria de Estilo – Parte 1

A mulher da foto de capa era eu antes dos filhos!

Há alguns meses atrás eu estava me sentindo muito mal comigo mesma! Eu me olhava no espelho e não achava absolutamente nada de bom em mim.

Eu não estava com depressão. Mas também não tinha nenhuma vontade de me arrumar, de passar uma maquiagem e muito menos de ir para uma academia.

A vida com as crianças estava sendo meio puxada: Samuel não dormia e sendo assim eu também não. Durante o dia eu me dividia entre trabalhar fora, dar conta da casa e correr em vários médicos com o pequeno.

Fui no meu endócrino e ele me falou que eu estava com uns 80 quilos. Saí da consulta arrasada. Totalmente acabada! Cheguei em casa e escrevi um texto falando sobre este momento de baixa autoestima.

Horas mais tarde recebi uma mensagem que me surpreendeu.

A mensagem era da Juliane Barroso, uma consultora de estilo especializada em mulheres que vivenciam a maternidade e que querem achar novamente o seu eu. A linha da Juliane é bem voltada para mulheres que assim como eu estão perdidas e querem achar o seu eixo novamente. Mais do que reencontrar a autoestima o trabalho dela faz com que a gente olhe para dentro de nós com carinho.

Grande parte das mulheres que viram mães acabam se dedicando exclusivamente para os filhos. Isso não é ruim. Mas só isso é! É preciso que nós tenhamos um ponto de equilíbrio, de bom senso com nós mesmas.

Fiquei pensando que fazer a consultoria seria o empurrão que eu estava precisando para me sentir melhor comigo mesma e dar uma sacudida na poeira. Claro que para fazer esse tipo de processo eu precisaria de tempo, pois trabalho, tenho o blog e as crianças. Mas a Juliane também tem tudo isso e me deu várias possibilidades de horários para a gente conseguir fazer nossos encontros online.

autoestima

Ela mora em Rondônia e eu aqui em Curitiba e por isso nossos encontros são onlines. O fato da distância física não atrapalhou nenhuma das etapas até então. Ela é super acessível e tem me mostrado uma nova forma de eu me olhar no espelho todos os dias.

Mas Kely, como funciona de verdade essa consultoria?

O processo é composto de 6 etapas que consistem em fazer você se conectar com você mesma. Pensar na forma que você se apresenta para o mundo e a reflexão sobre um consumismo. E a primeira etapa do processo começou comigo respondendo várias perguntas para que a Juliane pudesse me conhecer melhor. Lembro que nas perguntas haviam questões relacionadas ao que eu gosto de usar, ao que desejo vestir, como eu me vejo, como eu acho que os outros me enxergam, o que eu levo em consideração na hora de comprar uma peça do meu vestuário, perguntas do meu tipo físico e da minha rotina do dia a dia.

Foram mais de 60 perguntas e eu me lembro de ficar parada pensando na resposta de várias. Sim, já no questionário eu voltei a ter um tempo para pensar em mim. Para saber o motivo pelo qual eu não usava isso ou aquilo, o motivo que me fez não gostar de uma estampa sem nunca ter usado na vida. Foi um choque para mim perceber que eu vinha me vestindo só de preto por me sentir gorda demais, feia demais. Foi estranho perceber que eu tenho uns vinte pares de sapato na minha sapateira e que uso praticamente apenas um.

Parece coisa boba, mas já no questionário eu vi que eu não vinha dando atenção para mim e para as minhas coisas há muito tempo.

A kely que começou o processo com uma consultora de estilo há exatos 2 meses era uma que se vestia sempre com uma calça preta, uma peça escura na parte de cima, uma sapato estilo boneca com uma meia preta. Era uma mulher que não se maquiava por preguiça, que vivia com o cabelo preso, sem brincos ou acessórios, com os cabelos com a raiz por fazer…

Hoje, dois meses depois começo a relatar para vocês a evolução deste processo. Espero que a minha experiência possa ajudar muitas outras mulheres que se sentem assim como eu me sentia há exatos dois meses atrás.

Acompanhem o relato da semana que vem!

Tentando Encontrar Minha Autoestima Depois da Maternidade

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *