Cirurgia de Retirada das Amigdalas

Samuel fez a cirurgia de retirada das amigdalas há mais de dez dias. Estamos ainda no processo de recuperação do pequeno. Vou dividir com vocês como foi o preparo para a cirurgia e o dia em que fizemos o procedimento.

EXAMES NECESSÁRIOS

Os exames que foram pedidos como pré operatórios foram de sangue, que consistia em um hemograma e um coagulograma e um eletrocardiograma. O resultado do eletro do Samuel deu bem alterado e então precisamos correr atrás de um cardiologista. Nossa sorte é que a pediatra das crianças é também cardiologista e de pronto encaminhou o pequeno para a realização de um ecocardiograma para ter certeza que estava tudo bem com a parte cardíaca do Samuel.

Dica que dou é não deixar para fazer os exames muito em cima da hora. No nosso caso, tivemos sorte em ter uma cardiologista que nos atendeu de pronto e o fato de ter contado com um encaixa para fazer o exame. Com os resultados em mãos, a cardio liberou o Samuel para a realização da cirurgia de retirada das amigdalas.

CONSULTA ANESTESISTA

No dia anterior ao procedimento, levamos Samuel para consultar com o anestesista. O especialista analisa os exames, faz a avaliação clínica do paciente e se tudo estiver ok, ele passa as informações necessárias sobre o preparo para a cirurgia e a forma como a anestesia é aplicada.

Em crianças pequenas a sedação para a anestesia é feita através de uma máscara. Depois que a criança adormece é que é impulsionada a veia e aplicado o anestésico.

Antes e Depois da Cirurgia de Adenoide

JEJUM

O mais complicado para nós foi a questão do jejum de mais de 8 horas. Samuel ainda toma mamadeiras durante a madrugada (ele acorda por conta da apneia e só adormece com a mamadeira). E como eu já previa, ele fez o maior escândalo quando neguei o mama para ele. Saiu correndo pela casa procurando o leite (nós escondemos na noite anterior) e acabou adormecendo depois de chorar horrores e ser vencido pela cansaço.

A CAMINHO DO HOSPITAL

Eu nem consegui dormir durante a noite. Estava bem ansiosa. Medo de perder o horário. Receosa. Com o coração na mão. Rezei muito durante a noite pedindo que Deus iluminasse as mãos da médica que iria fazer o procedimento. Eu e Samuel fomos de táxi para o hospital e Jardel ficou com a Raquel em casa.

Durante o caminho, Samuel só pedia “mama” e eu fui tentando enrolar ele. Ele estava ainda em uma mistura de sono e fome, ou seja, bem irritado.

CIRURGIA

Fomos encaminhados para a cirurgia depois de uma hora e meia da chegada ao hospital. Entrei com o pequeno na sala. Conversei com a equipe médica. Samuel já entendeu de cara que algo iria acontecer e se agarrou em mim chorando. Meio que colocamos ele na maca e o anestesista colocou a máscara no rosto dele. Depois de se debater um pouco, ele finalmente adormeceu.

E eu, saí chorando da sala. A sensação que tive é que ele deve pensar que eu sempre levo ele pra fazer essas coisas chatas. É exame de sangue, é vacina, é cirurgia! Tudo necessário e importante para a saúde dele, mas tudo coisa chata.

A cirurgia durou uns 40 minutos. Depois deste tempo me chamaram para a sala de pós operatório para ficar com ele. 

PÓS OPERATÓRIO

Samuel chorava muito! Estava ainda com o efeito da anestesia sem saber direito o que estava acontecendo. Reclamou de dor. Não queria ficar na maca, não queria ficar no colo. Foi difícil segurar 15 quilos inquietos no colo. A irritação era tanta que eu tinha que esconder a mão dele em que o acesso do medicamento estava, pois ele tentava arrancar a todo momento.

Depois de 1 hora fomos conduzidos ao quarto. Ele ainda estava muito irritado e voltou a pedir a mamadeira. No quarto ele se acalmou um pouco. Queria ficar na cama e pediu para deixar tudo “esculo mamãe”. Logo que ele tomou a primeira mamadeira adormeceu segurando meu cabelo. Se eu tirava o cabelo da mãozinha, ele logo despertava. E nossa manhã foi assim, ele dormindo e acordando querendo ficar só comigo. 

cirurgia de amigdalas

Fomos liberados para ir para casa após as 14 horas.  Samuel continuou sonolento o dia todo. Praticamente só ficou na cama e sempre pedindo para eu estar ao lado dele.

Coração de Mãe nessas hora fica apertado vendo o filho amoadinho e precisando da gente. Logo conto como foram os 15 primeiros dias após a cirurgia e se já consigo notar alguma diferença após a retirada das amigdalas. 

O Sono do Bebê – Já fiz de Tudo e Ele Não Dorme

Comentários

Categorizado em: Saúde do Bebê Tags:

Deixe um recado